Área Restrita

Entrevistas

Campina FM: Um patrimônio de Campina Grande e um orgulho para cada paraibano.

Atualizado em 26/06/2015 10:13

Nome do entrevistado: Felipe Araújo

Cargo: Diretor Executivo

A Campina FM surgiu na década de 70 a partir do sonho do Sr. Hilton Motta, sendo a primeira emissora FM da Paraíba e a segunda no Nordeste. Com mais 30 anos de fundação a rádio continua firme no mercado e reafirma o compromisso que tem com ouvintes e clientes investindo na qualidade da sua gestão.

Conversamos com Felipe Araújo – Diretor Executivo, sobre a história da empresa e Gestão da Qualidade.

Confira:

Como surgiu a ideia de fundar a Rádio Campina FM?  

O nosso fundador, o jornalista Hilton Motta, sempre nutriu o desejo de ter a sua própria emissora de rádio. Ele trabalhou no maior sistema de comunicação de sua época, os Diários Associados de Assis Chateaubriand, acumulando uma experiência de 30 anos. Era natural que ele tivesse esse desejo. Então, em 1977 surgiu a oportunidade de concorrer a uma concessão de rádio FM que estava chegando no Brasil, ele reuniu um grupo de 5 sócios, entre amigos e parentes, e realizou o seu desejo.

Quais foram os desafios enfrentados no início do trabalho?

Foram muitos. Desde a falta de um mercado que pudesse sustentar comercialmente a emissora, até a ausência de profissionais que estivessem habilitados para o novo sistema em FM, pois até então só existia o AM. Com muita persistência ele conseguiu inaugurar a rádio, que inicialmente fazia parte da Rede Transamérica. Após 2 anos fazendo parte dessa Rede a emissora passou a transmitir programação local em 70% dos seus horários, e  logo passaria a ter 100% de programação local.

Estudio cg

Estúdio da Campina FM (Foto: Facebook – Campina FM)

Quais eram os recursos tecnológicos utilizados na época?

Eram utilizados transmissores importados, cartucheiras para rodar os comerciais, toca discos de vinil, rolos de fita magnética e consoles de áudio também importados, pois Hilton Motta fazia questão de trabalhar com os melhores equipamentos disponíveis.

Como conheceu o PPQ e o que espera da Associação ao Programa?

Tomamos conhecimento do trabalho desenvolvido pelo Programa Paraibano da Qualidade por meio da Barros Consultoria, empresa que atualmente está desenvolvendo consultoria na empresa com vistas a melhorar a gestão.

Esperamos ter acesso a práticas de Gestão atualizadas para manter a empresa sempre relevante e sustentável, de forma a manter a sua longevidade.

Nesses 3 meses de associação quais foram as atividades desenvolvidas em parceria com Programa?

Ainda estamos muito no início, mas tivemos palestras de sensibilização, reunião de diagnóstico da Gestão, e estou montando a planilha Modelo de Resultados, para termos um espelho atual da nossa Gestão, no intuito de estabelecermos as nossas metas.

O que significa investir em qualidade da gestão para o Sr.?

Em uma palavra: Sobrevivência! Precisamos otimizar o nosso padrão de gestão por uma questão de sobrevivência no mercado!

1557502_626381987398977_726842126_n

Fonte: Rafael Alexandre – Assessoria de comunicação PPQ


Associados Convenentes