Área Restrita

Destaques

Feedback como ferramenta de desenvolvimento

Atualizado em 21/05/2018 04:18

 

A prática do feedback tem se tonado cada vez mais comum nas empresas, na busca por soluções de qualquer problemática que possa surgir. Além de ser econômica, a ação nada mais é que uma avaliação do desempenho na realização de alguma atividade. Além disso, auxilia no encorajamento e aprimoramento das habilidades do colaborador da organização.

Como resultado, o feedback torna-se importante para o profissional e também para a empresa. Para isso, é preciso que haja transparência o serem estabelecidas metas e como será realizado o processo. A compreensão da importância do feedback é essencial para o desempenho de uma boa liderança, uma liderança de alta performance. É preciso saber reconhecer as potencialidades do liderado para motivá-lo profissionalmente.

O feedback deve nortear para caminhos produtivos e enriquecedores. Algumas dicas para se dar o feedback da maneira correta e assim possibilitar um melhor desenvolvimento dos envolvidos são:

  • Seja imparcial

Não faça juízo de valor. Descreva o comportamento ou o ponto que merece atenção.

  • Vá direto ao ponto

Não seja generalista. Seja específico!

  • Pense no colaborador

O feedback é voltado ao receptor e não ao emissor. O feedback não deve ser realizado como forma de extravasar raiva, decepção.

  • Crie a cultura

Propague a cultura do feedback como algo necessário, positivo e não imposto.

  • Não deixe para depois

Não espere muito tempo para conceder o feedback. Ele deve ser dado logo após um acontecimento. Quanto mais se demora os pontos cruciais serão esquecidos.

  • Fique de olho

Valide a absorção do feedback. Ouvir e escutar são pontos distintos.

Por fim, o feedback auxilia a empresa ao direcionar o trabalho dos colaboradores, desenvolvendo-os à alta performance e retendo os melhores talentos, encorajando novas ideias e estabelece a cultura organizacional.

 

Com Catho