Área Restrita

Destaques

Dicas de Gestão para empreendedores iniciantes

Atualizado em 17/04/2018 05:27

Os desafios de abrir um negócio próprio são inúmeros, mas para que a ideia saia do papel de maneira eficiente e eficaz é preciso elaborar um bom planejamento estratégico e também financeiro da empreitada que se seguirá. Pois, segundo o SEBRAE, a cada 100 empresas abertas no Brasil, aproximadamente 75 sobrevivem ao primeiro ano de negócio.

Vinícius Roveda, fundador da ContaAzul, empresa que destina-se a oferecer serviços de gestão online para pequenas empresas, listou algumas dicas de gestão que são úteis para que os empreendedores iniciantes evitem erros comuns ao iniciarem seus projetos.

  1. Compartilhe a sua ideia:

Compartilhe o que pensa com outros empreendedores, principalmente com os que já passaram por algo ou que tenham projetos semelhantes ao seu. Essa troca pode ajudar a economizar tempo e muito dinheiro.

  1. Valide o seu modelo de negócio:

Falhas devem ser entendidas como aprendizado. Tenha um planejamento, teste e valide seu negócio o quanto antes. Não tenha medo de mudar sua estratégia, caso seja necessário. O uso do modelo canvas será útil para que você elabore seu plano de negócio.

  1. Conheça profundamente os seus clientes:

É importante conhecer seus clientes e entender o comportamento do seu público-alvo. Dessa maneira é possível personalizar produtos e serviços específicos e assim conquistar novos usuários e obter sucesso mais facilmente.

  1. Fuja da informalidade:

Seu Não seja tentado a iniciar seu projeto de maneira informal. Sem estar formalizado você encontrará dificuldades para o crescimento do seu negócio como: capacidade de emitir nota fiscal, criar uma conta bancária como pessoa jurídica, obter máquinas de cartão de crédito e solicitar empréstimos públicos é exclusiva para quem tem um CNPJ.

  1. Seja um bom gestor administrativo:

É necessário possuir conhecimentos administrativos para não correr o risco de ver seu negócio decaindo. Apenas sua experiência no ramo não será um diferencial.

  1. Tenha uma vida financeira organizada:

Organize seu fluxo de caixa. O uso de planilhas simples pode auxiliá-lo a ter controle dos valores que entram e saem e o que está sendo planejado para o futuro. Assim, você poderá ter um controle efetivo da situação monetária do seu negócio.

  1. Separe despesas pessoais e empresariais:

Esse pode ser apontado com um dos erros mais frequentes entre os empreendedores iniciantes. Roveda recomenda a fixação de um valor de retirada mensal dos ganhos do negócio – pró-labore. O resto dos lucros deve ser reinvestido na própria empresa para que essa seja estimulada ao crescimento.

  1. Defina o valor do seu produto de maneira consciente:

Definir a margem de lucro e fixar preços de produtos é outro ponto em que os empreendedores iniciantes costumam errar. O erro está em cálculos equivocados e é preciso fazer uso de técnicas corretas para definição de margens de lucro e preço de produtos e serviços.

  1. Saiba negociar:

Economize ao máximo! Corte gastos e saiba como aproveita da melhor maneira possível os recursos. Para isso, é preciso saber negociar com seus fornecedores.

  1. Gerencie seu estoque:

É de extrema importância que o empreendedor saiba exatamente a quantidade de produtos disponíveis em seu estoque. O gerenciamento de estoque deve ser realizado com rigorosidade para que as entregas não sejam afetadas, bem como o seu negócio.

  1. Adote estratégias de comunicação:

Não importa o porte do seu negócio. A comunicação é sua aliada e estratégias criativas podem ser adotadas sem grandes custos.  Como exemplo, Roveda cita uma newsletter para o e-mail dos seus clientes contendo novidades e promoções. É preciso também fazer bom uso de suas redes sociais.

  1. Seja criativo:

Para, pense e crie. Segundo Roveda, soluções criativas e diferenciais exclusivos podem ser decisivos para que sua empresa alcance o sucesso.

 

Com Revista PEGN